OS LIVROS

Independentemente das denominações que recebeu e dos materiais utilizados, o livro é, a meu juízo, a principal criação humana. Enquanto errático e integrado em tribos pequenas, certamente não se fez necessário. Todavia, na medida em que elas começaram a fixar-se, ensejando o crescimento dos agrupamentos que proporcionaram a base das sociedades hodiernas, foi sentida a necessidade de a comunicação entre os seus integrantes ser transmitida por outro meio, além do som e de sinais até então utilizados.

 

A escrita começou a evoluir para atender às necessidades de transmissão das mensagens, o que ensejou o surgimento do livro e, ao mesmo tempo, proporcionou o aparecimento da principal ocupação desse trabalho: o copista. O técnico capaz de repetir, isto é, de copiar no pedaço de couro, ou no papiro, ou na madeira, ou no tecido a mensagem que precisava ser levada a outros por quantas vezes fossem necessárias.

 

E prosseguiu assim até surgir a máquina capaz de reproduzir a mensagem original, por volta de 1450, gerando uma das primeiras reações à evolução tecnológica, nos últimos anos da Idade Média. Os copistas não a aceitaram bem, pois viam no fato a possibilidade da perda de seu trabalho. E chegamos aos dias atuais onde o livro, tanto na sua forma já tradicional, impresso em papel, quanto através de meios eletrônicos, é indispensável à comunicação humana e que me permite levar esta mensagem a sua pessoa.

Poesi@.com.amor

ISBN 978-85-904511-7-4

O autor nos presenteia com um texto introdutório para cada poesia, preparando o terreno, aguçando nossos sentidos e facilitando um mergulho mais profundo na poesia, na consciência, no ser, amado ou não. O exercício de leitura da poesia, por si só prazeroso, bonito, divertido, nesse caso torna-se também instigante, do que virá em seguida. Puro deleite.

Se...

ISBN 978-85-904511-6-7

Não há no mundo quem amantes visse
Que se quisessem como nos queremos...

 

Se és capaz de manter tua calma, quando
Todo mundo ao redor já a perdeu e te culpa...

 

— A condicionante SE é definitivamente importante em nossas vidas.

Artefatos Literários Para Adultos

ISBN 978-85-904511-5-0

O leitor tem a oportunidade de lidar, nesta quinta obra de João Gomessanto, com motivos e sentimentos que nortearam a estética na elaboração de cada trabalho, através de diferentes caminhos da comunicação literária seguidos pelo autor para externar a sua inspiração. 

 

Embora o amor seja um tema importante, o livro também aborda assuntos mais áridos e insípidos como o do indivíduo flagrado, no aeroporto, com dinheiro escondido na cueca, no conto “FDPB”; como o do comportamento desidioso com que vem sendo tratada a questão ambiental, na lenda “O Casal de Biguá”. Mas o faz de forma amena, sem que isso reduza a seriedade dos temas. Igualmente, aborda a mudança que a natureza impõe ao ser, afetando, por vezes, o comportamento humano e conduzindo a pessoa a reações impensadas, como trata o conto “Metamorfose”.

Eu Amei Rock Hudson

ISBN 85-904511-4-3

O sentimento de cada pessoa é algo extraordinariamente complexo. De um simples afeto a uma paixão profunda, de uma pequena admiração a um fanatismo incomensurável. São estados que regulam o comportamento humano por alguma coisa e, principalmente, por outra pessoa. Que conduz a pessoa a atitudes díspares quando consideradas junto as de outras, pois influencia diretamente o discernimento individual, situação bastante percebível no caso de Dorisdey. 

 

Carioca, bonita, jovem, Dorisdey desde cedo começou a pautar a sua vida pela admiração que sentia pelo talento e, provavelmente, pela estampa do ator Rock Hudson. Influenciada, inicialmente, pela própria mãe e, posteriormente, pelos meios de comunicação, norteou a sua vida por uma verdadeira idolatria ao artista. Porém, tomada pela surpresa, sentiu sua vida desmoronar ao saber que... É interessante perceber como a sexualidade influencia o nosso comportamento, sem que, necessariamente, tenhamos consciência de nossos procedimentos.

As Magas Miguelenses

ISBN 85.904511-3-5

Você sabe o que é Astrologia, Reiki, Fitoterapia, Shiatsu, Acupuntura? Se você não sabe, este livro fala destes e de outros assuntos mais. Porém, se você sabe, ótimo, pois o objetivo dele não é o de ensiná-los. Para isto, as magas seriam bem melhores e mais recomendáveis. 

 

Ele é um romance. Romance no qual uma razoável parte das pessoas envolvidas, de seus personagens, lida com essas técnicas para proporcionar ao ser humano, a nós, o bom usufruto das energias universais. É muito interessante! Nesta sua terceira obra, o autor nos leva a um passeio. Não é um passeio qualquer pois ele tanto nos leva a diferentes e distantes lugares quanto, e principalmente, a assuntos que estão atualmente em evidência. No mundo todo. 

 

A trama envolve o romance de um casal e, com ele, o autor nos conduz a diferentes alternativas para lidar com as energias que regem o macro e o micro-ambiente. Mas quem trabalha com essas energias, não é o autor. São elas, as magas miguelenses. É só ler para ver!

Vilania

ISBN 85.904511-2-7

Vilania, o segundo livro de João Gomessanto fala sobre a vida de cinco mulheres. Cada uma delas com suas características, seus sonhos, com as dificuldades que enfrentaram e com suas realizações. 

 

Há, entretanto, algo comum a todas elas: as vicissitudes a que foram submetidas pela simples razão de conviverem, no mesmo país. 

 

Essas vicissitudes não decorreram de uma trama ardilosamente preparada com exclusividade para elas. Daí ser possível que você também possa ter imaginado situações semelhantes às que estão contidas nas passagens que marcam a vida dessas pessoas. 

 

A leitura dos contos de João Gomessanto poderá elucidar-lhe.

O Prazer de Fumar

ISBN 85-904511-1-9

É um romance através do qual o autor nos faz uma narrativa da vida de um fumante, desde os seus primeiros cigarros até parar de fumar sem culpas e sem remorsos. Ou seja, de bem com a vida!

 

O ser humano é um animal complexo e cheio de contradições. Tem a capacidade de assumir os mais inusitados e díspares comportamentos, principalmente por influência da cultura dominante de seu habitat. 

 

Uma vez assimilado o comportamento, a sua mudança, quando pernicioso, requer, fundamentalmente, o querer do próprio e, se preciso, competência de grupo através de mecanismos de apoio, como compreensão, respeito, orientação, amor, que poderão proporcionar o novo comportamento desejado. Jamais a força, quaisquer que sejam os seus mecanismos e as suas justificativas.

  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • LinkedIn Social Icon

© 2016 por JOÃO GOMESSANTO Orgulhosamente criado com Wix.com